Pages

Subscribe

28/02/2010

ME ALINHEI...



Me alinhei ao lado dos humildes e descobri que não era bastante humilde para ficar junto deles, falsa a minha curvatura, falso o despojamento.

Me alinhei ao lado dos fortes e vi que não era suficientemente forte para sustentar por mais tempo aquela arrogância, representava planar sobre os outros porque acreditei que assim não seria esmagada pelo rolo compressor.

Teria que subir acima desse rolo, pisar nele - Ah, Meu Deus, mas era isso que eu queria? Não, também não era isso.

Quis ficar só para ser verdadeira, agora queria apenas ficar só e então sonhei que era uma rainha num coche desgovernado, em vão chamei por alguém que eu sabia por perto, onde? E o coche rodando para trás, para os lados, sem cavalos e sem cocheiro.

Consegui descer e encontrei uma gata cor-de-mel com seu gatinho, me aproximei enternecida, e o pai?

Perguntei e apareceu um leão de juba desgrenhada e olhar de pedra. Corri, tinha uma mulher na casa mas a mulher gesticulava e não podia fazer nada enquanto o leão ia fechando o cerco, acordei com as pisadas na retaguarda.

Mas quem me detesta tanto assim para me atacar até no sono? Quis saber e nesse instante vi minha imagem refletida no espelho. ( Lygia Fagundes Telles)




Gosto demais dessa escritora, me identifico com o que ela escreve. Quantos coisas vemos e sabemos em sonhos...
Segredos de liquidificador!?
E você amigo blogueiro?
Abraços

9 comentários:

Wanderley Elian Lima disse...

Ola Norma
Lygia é realmente ums escritora fantástica. Os sonhos muitas vezes revelam nossos medos guardados
em nosso inconsciente.
Um lindo domingo pra você
Beijos

angela disse...

A pergunta final é muito interessante e abre caminhos para entender muita coisa.
Um texto muito legal, inttenso, envolvente.
Um bom domingo com muito amor por si mesma e por nós todos também...nunca é demais.
beijos

Mel Redi disse...

Ah! A Lígia , sempre a grandiosa Lígia! Parabéns querida pela maravilhosa postagem! Bj Mel

Norma Villares disse...

Verdade Angela, muito significativa essa última frase.
Beijinhos

Norma Villares disse...

Sim, Wanderley a Lygia Fagundes Telles é especial.
Abraços

Norma Villares disse...

Mekl Redi, muito obrigada pelo visitinha.
Beijinhos

manuel marques disse...

Não conheço a escritora mas despertou-me a curiosidade,vou investigar,grato pela dica.

Beijos.

Vida*** disse...

Em tempos de colégio...muito ouvi falar de Ligia Fagundes Telles. Não tenho nenhum livro dela. Mas, vale a recordação. Lembrança construtiva!!! Sempre é bom viajar nos sonhos. Ele nos revela mistérios. Que nossa mente teima em nega-los. Obrigada!! Abços de luz.

Marcos Takata disse...

Gosto muito dos textos dela, tenmho lido alguns. Esse é maravilhoso, concordo com Angela, o finalzinho é muito bom
Bjus

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...