Pages

Subscribe

17/01/2010

A FLOR DE LÓTUS


A flor de lótus simboliza elevação e expansão espiritual dos seres humanos, está relacionada à criação do universo. Para os Chineses, está relacionada ao passado, ao presente e ao futuro, simbolizados, respectivamente, pela flor seca, pela flor aberta e pela semente que irá germinar.

Há quem acredita que nas práticas meditativas, muitos monges e budistas imaginam flores de lótus surgindo debaixo de seus pés enquanto andam. Desta forma, estariam espalhando o amor e a compaixão de Buda simbolizados pela flor.

"As pétalas da Flor de Lótus abrem-se para o sol como a nossa alma se abre para a energia Divina. O lótus fecha-se ao anoitecer e submerge na água, para ao amanhecer emergir e florescer novamente, como que prestando homenagem ao sol nascente. Esta flor converteu-se no símbolo natural do sol, da criação e do renascimento. É um mito, uma realidade, um conhecimento sagrado."



“A flor-de-lótus simboliza a pureza, a beleza, pois se originou nos pântanos, lugares tipicamente sombrios. Esta flor nos ensina que não importa a que casta pertencemos. Por mais obscuro que seja o ambiente que nos cerca, sempre podemos brilhar”. (Associação Internacional Buddha’s Light do Brasil).


No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro

De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão,
procurando completar-se.

Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração.

(Rabindranath Tagore)



A beleza da minha alma

A Flor de lótus acordou
Se efêmera e ilusória
Nada sei... Tudo sei...

O Fugaz rápido se foi...

E do fascínio restou a pureza
Que a Divina Essência

Me presenteou
(Norma Villares)


Autêntica Flor-de-Lótus (Nelumbo nucifera), também conhecida como lótus-egípcio, lótus-sagrado e lótus-da-índia. No Brasil, sua parente mais próxima é a vitória-regia, também pertencente a família das ninfáceas. Nativa do sudeste da Ásia, principalmene na Índia, Japão e Filipinas onde são veneradas.

"A flor de Lótus é símbolo da espiritualidade e da pureza. A semente de Lótus pode, por exemplo, ficar mais 5.000 anos sem água, somente esperando a condição ideal de umidade pra germinar. Ela nasce na lama e só se abre quando atinge a superfície, onde só então mostra suas luminosas e imaculadas pétalas. O botão da flor tem a forma de um coração."

Além disso, dizem que as sementes podem durar milhares de anos e continuar perfeitas para a germinação. É um símbolo forte da força vital que poderia resistir à condições extremamente adversas. A flor de lótus representa, assim, longa vida à saúde, à honra e à boa sorte.


Independente de sua simbologia, esta flor é um mistério até para a ciência. A semente de Lótus pode, ficar até mais de 5.000 anos sem água, somente esperando a condição ideal de umidade pra germinar. Ela nasce na lama e só se abre quando atinge a superfície, onde só então irá mostrar suas imaculadas e luminosas pétalas.

Outro mistério para a ciência é o fato de suas pétalas, serem autolimpantes, isto é, têm a propriedade de repelir microrganismos e poeiras.


É também a única planta que regula seu calor interno (por volta de 35º), a mesma temperatura do corpo humano. O botão da flor tem a forma de um coração, e quando morrem, suas pétalas não caem, apenas secam.


Foi esta profundidade, delicadeza e sabedoria que fizeram os fundadores da moderna Índia consagrar o Lótus, na Constituição, como a Flor Nacional.


Seja como uma flor de lótus!

Paz Profunda


Fonte:
1. http://www.flickr.com/photos/mais_dois/233733051/(Fotos tiradas no Parque do bairro Ueno, em Tóquio.)
2. http://villagedespruniers.net/index.lasso?locate=photo&categorie_photo
3. http:/ www,flordelotus.eu/

26 comentários:

Ana Cristina Cattete Quevedo disse...

Moça, que aula!
Eu não sabia nem um milésimo disto tudo.
Mostrei para minha filha, ficamos lendo juntas e admirando.

Obrigada por este momento

Beijo!

=)

Jorge disse...

Norma,
obrigado pela aula.
No filme O Pequeno Buda, quando recem-nascido, onde ele pisava, surgia uma flor de lotus.

Um beijo, minha linda!!!
Jorge

Pelos caminhos da vida. disse...

DESEJO DE TUDO...
UM POUCO !

Sensibilidade ...

Para não ficar indiferente
diante das belezas
da vida ...

Coragem ...

Para colocar a timidez de lado
e poder realizar o que tem vontade.

Solidariedade ...

Para não ficar neutro
diante do sofrimento da humanidade.

Bondade ...

Para não desviar os olhos
de quem te pede ajuda.

Tranquilidade ...

Para quando chegar ao fim do dia,
poder deitar e dormir o sono dos anjos.

Alegria ...

Para você distribuí-la,
colocando um sorriso no rosto de alguém.

Humildade ...

Para você reconhecer
aquilo que você não é.

Sinceridade ...

Para você ser verdadeiro,
gostar de si mesmo,
e viver melhor.

Felicidade ...

Para você descobri-la dentro de você
e doá-la a quem precisar.

Amizade ...

Para você descobrir que,
quem tem um amigo,
tem um tesouro.

Esperança ...

Para fazer você acreditar na vida
e se sentir uma eterna criança.

Sabedoria ...

Para entender que só o bem existe,
o resto é ilusão.

Desejos ...

Para alimentar o seu corpo,
dando prazer ao seu espírito.

Sonhos ...

Para poder, todos os dias,
alimentar sua alma.

Amor ...

Para você ter alguém para amar
e sentir-se amado.

Para você desejar tocar uma estrela,
sorrir para a lua.

Sentir que a vida é bela,
andando pela rua.

Para você descobrir que
existe um sol dentro de você.

Para você se sentir feliz
a cada amanhecer
e saber que o amor
é a razão maior para viver.

Mas, se você não tiver um amor,
que nunca deixe morrer em você,
a procura.
O desejo de o encontrar.

Tenha de tudo, um pouco...

E SEJA FELIZ!

Boa semana para você!

beijooo.

angela disse...

Linda postagem. Lindas flores e poemas. Acalmam a alma olhar para elas.
beijos

Blogat disse...

Força e delicadeza.Perfeita!

FrancK P_LavD disse...

Amiga Norma,

É sempre bom vir até ao seu cantinho e encontrar um post maravilhoso como este, parabéns!

Agradeço a sua visita e comentário de elogio!

Grande abraço,

FRancK

Norma Villares disse...

Cristina que bom que vocês gostaram. Fiquei feliz. Um grande abraço

Norma Villares disse...

Jorge, é verdade mesmo. O pequeno Buda é um filme lindíssimo. Um grande abraço

Norma Villares disse...

Frankl, Blogat e Angelo muito agradecida estou com seus comentários. Volte sempre.
Grande e afetuoso abraço

Norma Villares disse...

Pelos caminhos da vida,
Que maravilha de presente. Que Deus ilumine sua vida com muitas bênçãos.
Grande a afetuoso abraço

Vila das Amigas disse...

Olá Norma,
Divina, linda transição.
Beijo.

Marcos Takata disse...

Namaste qurida amiga,
Linda postagem. Lindas flores de lótus.
Com certeza apenas olhar este flôr já sentimos sua pureza.
Bijus

*Teresa Cristina* disse...

Oie Norma...lindo post!!
Passsando pra te desejar um feliz 2010 e uma semana de muita paz!
Bjss♥

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Norma.
Bela flor, belo texto. Parabéns.
Beijos

Sight Xperience disse...

Um autêntico tratado! Grato por partilhar o seu conhecimento e pesquisa.

Pessoalmente gosto muito desta flor é majestosa, possui linhas fortes e bem desenhadas, contudo é simples... sem sombra de duvida uma bela e especial flor!

bj

Pena disse...

Soberba e Talentosa Amiga:
Um texto fascinante sobre as prodigiosas sensações de encanto, pureza e beleza da Flor-de-Lótus.
Perfeito. O seu significado é harmonioso, sensível e fantástico.
Desconhecia muitas coisas sobre as virtudes desta flor lindíssima, como a minha amiga linda e ENORME no conhecimento belo e poderoso.
Beijinhos amigos no maior respeito, estima e consideração.
Extraordinário Post que adorei.
Sempre a lê-la ea admirá-la

pena


Linda...!
Fascina e Deslumbra.

Norma Villares disse...

Marcos sempre tão gentil. Sua filosofia ZEN exala pelos poros.
Um grande abraço afetuoso

Norma Villares disse...

PENA bom amigo,
A Divina e Soberba é a flor de Lótus com toda sua beleza e magnificência.
Grande a afetuso abraço

Norma Villares disse...

Teresa Flor de Caju, que prazer recebê-la aqui neste espaço.
Muito grata pela visita mulher. Volta semnpre.
Beijinhos no coração

Norma Villares disse...

Wanderley grande poeta,
Obrigada pela visita, ainda bem que voltastes.
abraços sublimes

Norma Villares disse...

Sight amigo fotógrafo,
Muito obrigada pela palasvras de beleza sobre esta magnifica Flor de Lótus.
Um grande e afetuoso abraço

Hugo Cheng disse...

Namaste amiga,
Gostei miuto desta aula, eu também não sabia tanta coisa desta linda flor de lótus.
Abraços

Maroca disse...

Amiga
Que maravilha de texto, sobre a flor de lótus. Demoro de vir aqui e encontro só beleza.
Beijos no coração

CARLA FABIANE... disse...

Há coisas que nunca se poderão explicar por palavras.

(José Saramago).

A semelhança entre os primeiros raios a anunciar o
despertar da manhã...
...e os derradeiros raios a proclamar o definhar de
mais um dia.
Quantos dias ainda nos esperam?
Quem os saberá?
A única certeza é a brevidade da vida terrena...

A fragilidade de ontem, e a fragilidade de amanhã...
Os dias se sucedem e não se repetem.
Cada dia, cada hora é única e preciosa.
O grande silêncio da alma das crianças, e o grande
silêncio da alma dos anciãos.
O silêncio que tanto ensina àquele que se dispõe a ouvir.

A mãe e o filho.
As irmãs.
A atenção da irmã mais velha.
A alegria da irmã mais nova.
Memórias poéticas que o tempo não apagará.
Vivemos meses, dias e anos...
E disso tudo, guardaremos com mais carinho os
instantes que compõem a nossa memória poética.

Aquilo que a nossa alma registrou, que nos encantou,
que nos comoveu... o que dá beleza a nossa vida.
A cena imóvel, inpertubável, fora do tempo.
Memórias que não morrem jamais.
Instantes que passam a fazer parte de nossa alma.

As irmãs que brincam, a leve brisa, o sol da manhã...
Para uma mãe, o filho, mesmo quando adulto, é, e sempre
será a criança pequena que um dia foi.
As breves décadas de vida que separam as idades dos pais
e dos filhos.
O que são trinta anos diante da eternidade?...

Para quem passou dos setenta, aquele que carrega
quarenta ainda é uma criança.
O inconsciente familiar,
- histórias e memórias compartilhadas...
Os passos de alguém à procura de alguém...
Os passos daquele que carrega o peso de muitos anos.

Educar as futuras gerações nas leis do Amor e da Bondade,
da Ternura e da Compaixão.
O suave sono dos inocentes.
A mãe que vela o sono da filha tão amada...

A infância que deve ser respeitada, amada e protegida
acima de todas as coisas.
Mesmo a ferida mais simples tem importância...
E em meio à agitação da vida moderna, reservar um
tempo para a reflexão.
Peregrinar por terras candentes e áridas, afim de descobrir
o mar que jamais vimos e que por isso ainda não podemos
compreender.

Acender a brasa interior da contemplação e da oração
diuturnamente para que nunca se apague.
A conscientização do valor do amor, da compaixão e da
importância da promoção da dignidade humana.

As horas fugazes da vida terrena, e a vivência do
mistério divino.
Ao fim da nossa caminhada terrena, levaremos conosco
apenas o essencial.
As memórias poéticas que embelezam e dão sentido à vida.
A caridade, a bondade, a pureza de coração...
A brisa, o mar, a imensidão...

Chica Galvão disse...

Belíssima postagem, as fotografias e o texto são Divinos assim como o significado da flor de lótus.
Abraços

Braulio Pereira disse...

que linda flor de lótus


lindo poema


beijo poético

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...