Pages

Subscribe

26/10/2009

EU SOU


Chorei-me inteira, ao abrir os olhos

No lírico sonho da ilusão

Na dor profunda da percepção

Do real mundo como ele é

Chorei-me inteira, na fonte d’alma

Em desilusão profunda

Ao descobrir com os olhos da verdade

E enxergar minh’alma, do jeito que ela é

Nem mais... Nem menos...

Sorri-me inteira, ao abrir os olhos

E sentir o anelar da essência

Forte pulsar da Prima Fonte

A chama luz d'alma disse-me: Sorva-me

Regozijei-me e matei minha sede

Abracei e saciei a fome de Luz

E no rico esforço de ascender

Presenteei com o Divino em mim

Senti o brilho com perfeita pureza

Sem distância alguma

Presenteou-me o Divino, com o Universo

Quão deslumbrante é, o primoroso

'EU SOU'


Norma Villares

03.03.2007








A vida ensina que devemos aprender muito, para depois desaprender tudo... Passar pelas sombras para navegar na luz... Ouvir mais e falar menos... intuir sempre... E somente assim o Eu brilha com perfeita pureza, não há distância alguma entre o Divino e o Divinizado.

Paz Profunda!

15 comentários:

Unknown man disse...

Norma, que maravilha de poesia.
Mais te admiro a sua delicadeza e sutileza.
Quanto amor, minha amiga!!!!

Norma, tem um selo para você no blog. Dê uma passada lá e pegue o selo. É com carinho, viu?

Um beijo neste coração de ouro!

Uman

Alma inquieta disse...

Olá Norma!

Parabéns pelo poema!

Sabes minha linda, eu sempre digo que se temos dois ouvidos e uma boca..., é precisamente para ouvirmos mais do que falamos!

Um beijo de Portugal!

Norma Villares disse...

Eu também minha linda, sempre falo que devo silenciar, mas não aprendo a lição, rsrsrsrsr.
O melhor é que estou esforçando.

Olá Alma Inquieta, fico agradecida pela visita.
Com um grande abraço iluminado

Norma Villares disse...

Unknown man muito obrigada pela visita e gentileza.
O mundo fica perfumado com tanta gentileza.
Continue exalando perfume!

Vou buscar o selinho e o carinho, viu.
Abraços luminosos de coração aberto

FrancK P_LavD disse...

Querida Norma,
Adorei este post, que lindo poema, parabéns!

Agradeço a sua visita e as suas lindas palavras comentadas.

Beijos Luminosos,
FrancK

angela disse...

Norma
lindo poema e a gente tenta ouvir melhor.
beijos

Norma Villares disse...

Olá amigo Frank,
As palavras oriundas da alma, sempre tem ressonância com o coração.
E devolvo, agradecendo também a sua visita e as suas lindas palavras comentadas.
Abraços luminosos

Norma Villares disse...

Angela sempre atenciosa e gentil com sua presença.
Agradeço pelas palavras de alento.
Beijos de luzes e cores

Maroca disse...

Olá Norma!

Parabéns pela poesia. Todos precisamos mais silenciar. Refletir sobre o Quem sou Eu.
Já coloque a receitinha.
Um beijo

Norma Villares disse...

Obrigada Mara, vou ver a nova receitinha.
Reflexionar é muito bom, amadurece.

Beijos

Recanto da Astrologia disse...

Minha amiga... não sabe quanto eu precisava ouvir isso.rsrsrs.
Silenciar a alma e sorver a luz... muitas vezes esquecemos que ela esta tão próxima... Bjs no seu lindo coração!!!

Norma Villares disse...

Oi amiga, ainda bem que ouviu isso...
E o melhor percebeu que precisava ouvir.
Beijo no coração

Maroca disse...

Amiga levei esse poema para umm festa, encantaram. Bjs

Norma Villares disse...

Muito obrigada amiga, o sucesso de todos nós juntos.
Fazemos parte da grande teia da vida.
abraços ricos de luzes

Stella Tavares disse...

Lindo poema, Norma. Falar menos, ouvir mais, intuir sempre, é um longo e necessário aprendizado. Deve fazer parte de nossa bagagem espiritual.
Adorei o post!
Bjs

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...