Pages

Subscribe

20/11/2009

CANÇÃO


Pus meu sonho num navio
e o navio em cima do mar;
- depois, abri o mar com as mãos,

para meu sonho naufragar.

Minhas mãos ainda estão molhadas
do azul das ondas entreabertas,
e a cor que escorre de meus dedos
colore as areias desertas.

O vento vem vindo de longe,
a noite se curva de frio;
debaixo da água vai morrendo
meu sonho, dentro de um navio...

Chorarei quanto for preciso,
para fazer com que o mar cresça,
e meu navio chegue ao fundo
e meu sonho desapareça.

Depois, tudo estará perfeito;
praia lisa, águas coordenadas,
meus olhos secos como pedras
e minhas duas mãos quebradas.

Cecília Meirelles


Matutando por matutar, fico a pensar nos muitos sonhos rico de idealismo e lirismo, que ficaram encaixotados e debaixo da cama... Chorarás porque perdeu de vista esses sonhos, afundados pela inanição de movimentos realizadores. Desapareceu no fundo do mar...

Outros sonhos que se perderam e afundaram por excesso de perfeccionismo, com medo de não naufragar, esse mesmo medo sorrateiro deixou as mãos duras quebradas, e o naufrágio...

E por naufragar e naufragar, e os sonhos nos mares bravios se perderam!?

Que ensina a mestria de Amyr Klink o navegador de mares bravios:

"O mar não é um obstáculo, é um caminho."

E os sonhos de Amyr onde estão?

"É preciso não esperar que as coisas caiam do céu, lutar por aquilo que se deseja, colocar as idéias e os projetos num papel e ser organizado." O sonho será realizado.

Os sonhos tem que vir navegar na superfície do mar da vida, sem estar entregue a sua própria sorte de mares profundos. Dá muito trabalho, exige amor e paixão. Um pitada de fé e coragem, força e movimento. Iniciar pensando, com certeza já realizei é a energia da fé, e iniciar com pequenas metas é o movimento da coragem.

Não tenho medo de tempestades, pois estou aprendendo a manejar meu barco". (Louisa May Alcott)

Claro que v
ai enfrentar tempestades, mas "mares calmos não fazem bons marinheiros", deixe as tormentas passarem, e se transforme num bom marinheiro(a).

Os grandes navegadores devem sua reputação aos temporais e tempestades. (Epicuro).

Matutando por matutar, deixe seus sonhos navegar.

Eita!

17 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

Norma Villares

Eu não esqueci um só de todos os meus amigos aqui, e hoje retorno, depois de muito trabalho com o nosso Site, com os 1000 Sonetos, agora poderei estar ao lado de todos , matando as saudades, que se fazem presente ao presente momento,
passa lá na minha casinha, tem NATAL, para os amigos,
com carinho, Efigênia

J. Araújo disse...

Norma, tudo muito lindo. Vamos navegar sim, não importa se o mar esteja calmo ou não. Vamos navegar enquanto tivermos vida e quem sabe aportarmos em uma ilha onde a paz e o amor habita!!

Bj

Elzenir disse...

Sabemos que o barco vai balançar, mas a maneira como persistimos é que marca nossa existência, nossa força diante de desafios...Grandes homens surgiram de grandes desafios...Bjs

Mariana disse...

Norma que lindo as tuas postagens.
Adorei o teu blog.
Cecília Meirelles é tudo de bom.
Abraços

Norma Villares disse...

Efigênia muito obrigada pela visita.
Vou lá ver o mimo.
Abração poetisa

Norma Villares disse...

J Araujo que bom que veio conhecer meu blog. Muito obrigada. Abraços

Norma Villares disse...

Elzenir, obrigada pela visita. Abraços

Norma Villares disse...

Muito obrigada Mariana, pelo elogio. Um grande abraço

IVANCEZAR disse...

Norma:
Uma belíssima postagem
Navegar é preciso ...
As águas são indecifráveis
Escrevi o poema O VERTICE DO MAR
No mote dessa paciência tão própria às águas
Deixo meu beijo !

angela disse...

O poema é lindo e os comentários estão a altura.
Ficou bonito
beijos

Psiquismo Desmistificado disse...

Olá minha querida amiga,
Belíssimo texto!!
Como disse nosso grande Fernando Pessoa:"Navegar é preciso, viver não é preciso"
A vida é incalculável, feita de imprevisões e imprecisões, onde navegamos em busca de nós mesmos.

http://sentimentoeemocoes.blogspot.com/2009/05/voe-albatroz.html

Um grande e fraternal abraço

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Querida amiga.

São as dificuldades que dão sentido a vida.
Sem elas não se sentiria o gosto pleno da alegria.
A beleza de um dia de sol.
A magia de um dia de chuva.

Lindas mensagens, tributos a vida que acreditamos, apesar de tudo...

Fica em paz.

Julimar Murat disse...

Oi querida Norma

Se pensar é o destino do ser humano, continuar sonhando é o seu grande desafio. E isto, é lógico, implica em trajetórias com riscos, em vitórias, com muitas lutas, e não poucos obstáculos pelo caminho. Apesar de tudo, seja ousado. Liberte sua criatividade. E NUNCA DESISTA DOS SEUS SONHOS, pois eles transformarão sua vida em uma grande aventura.

Augusto Cury

Grande beijo

Julimar

Marcos Takata disse...

A vida é tão passageira e o fio da vida vai se esvaindo. Faz parte ir e voltar. Sinto muito, que a Divina Luz fortaleça toda familia. Estou junto em oração. Abraço

Viveka disse...

Minha querida, somente agora eu li no orkut, quero cumprimentar a todos voces com pesar. Sinto muito, rogo a Divina força que fortaleça os corações da família. Deus confortará. Ele é a única força desse momento. Abraço

Wanderley Elian Lima disse...

Oi Norma, Cecília Meireles nos encanta a todos com seus poemas. Parabéns pela escolha.
Beijos

Norma Villares disse...

Muito obrigada amigos pelo cuidado e atenção. Fico feliz com essa ajuda.
Recebi os abraços de conforto e de orações.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...