Pages

Subscribe

10/04/2010

DEIXE-ME SAIR ...


Deixe-me voar, em busca de ti
E
com pés de plumas cruzar o anil do céu
Nas nuvens me encantar com as esferas
Em teus braços faceiros adormecer
Plumadas em brancos flocos de eras
Afundar em teu peito, oh! doce quimera
Entranhadas de oferendas de amor
Abrir-se ao vento que leva...
Voar, sonhar e luzir...


Deixe-me sair, a procura de ti...
Com largos e pequenos passos.
Na aurora da liberdade encontrar.
Sonoros alaridos de vida rica de amor.
E na montanha sagrada unir num abraço ditoso,
O canto dos cantos enlevados com palavras de amor
Cantar, deslumbrar e sorrir...


Deixe-me navegar, em pesca de ti
E pelos mares nadar sem fronteiras
Mergulhar em busca de teu coração
No profundo oceano trancado a sete chaves
Submergir nas águas e vogar em teus braços
Afundando em teus olhos serenos
E tua imagem refletir a nossa luz.
Nadar, flutuar e fluir...


Deixe-me andar distâncias atrás de ti
E nas veredas do mundo trilhar
E sozinha sem rumo e nem fundos
No verdejante no destino profundo
Voar pelas nuvens, navegar em mares bravios
e caminhar nos vales e montanhas.
Doar o amor guardado no meu coração.
Extasiar, presentear e sentir...

Deixe-me contar, as alegrias e dores
Nos compassos musicais há sorrisos e flores
Ditosas palavras iluminadas de amor
Que espera o encontro perfumado
Vicejando em fragrâncias pelo sagrado
Fitar, cultivar e realizar...


Peregrina que sou buscando tua alma,
acordei a força da aurora boreal...
E com lindas cores pintei o puro amor
que guardei no fundo d'alma para ti dar
sem segredos, fechaduras e chaves...
E sem medo da apostasia...
De verdadeiramente amar.


Deixe-me sair... em busca de ti...

Norma Villares
23.02.2007

11 comentários:

Beatriz Prestes disse...

Sair de si.....em busca do amor, em busca de ser luz!!!
Lindo....com um lirismo de alma que encanta e envolve!
Um poema para ler e reler!!
Beijo carinhoso
Bea

Anne Lieri disse...

Norma,que poesia mais linda!Vc é um talento que comove!Belas e emocionantes suas palavras!Bom demais te ler!Bjs,

Maria Lúcia disse...

Parabéns super linda a
poesia.
Um ótimo fim de semana.
Beijos...
Lúcia.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Norma
Mais um belo poema para nos encantar.
Um ótimo fim de semana para você.
Beijos

REGINA GOULART SANTOS disse...

Norma Villares,

Mas que inspiração hein amiga !?
Lindíssimo seu poema que fala sobre o sublime e eterno amor.
Uma obra-prima, como sempre.

Mas querida, me deu água na boca os slides dos cafés com chantilly, o capuccino, e demais acompanhamentos, verdadeiras perdições rsrsr... tão bem desenhados, lindos e apetitosos.
Adoro cafeterias. São sempre muito aconchegantes, e se bem acompanhada, melhor ainda...

Beijos no coração e alma

angela disse...

Norma
Tão doce amor esse seu.
beijos

Luz disse...

Querida Norma, estou realmente sem palavras com esse poema, simplesmente maravilhoso!
Bjs

Lívia Luz disse...

Amiga Norma,
Adoreiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii esta poesia, dá vontade de amar de novo. O meu coração ficou muito feliz.
Continue fazendo poesias.
Beijos

Marcos Takata disse...

Sempre que leio uma poesia que me leva a voar, fica muito feliz.
Vou caminhando e amadurecendo.
Bj

Norma Villares disse...

Quando falamos em sonhos lembramos do amor, ouvimos os sons das esferas. O universo responde ao canto lírico da alma.
E o sutil se manifesta para o grande vôo da alma...
E neste caminho construímos as rotas das virtudes.
Muito obrigada amigos pelos comentários.
Grande abraço

Sarah El Khouri disse...

Que poema liindo, Norma!!!!
Ah, nada como o amor para nos fazer sair de nós mesmos e ir além, ensaiar quem sabe um voou ou mesmo sem ensaios executá-lo.
Deixe-me ler sempre ti, deixe-me?
Beijos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...