Pages

Subscribe

01/04/2010

BELA LENDA DO AMOR


Havia uma pequena aldeia onde o dinheiro não entrava. Tudo o que as pessoas compravam tudo o que era cultivado e produzido por cada um, era trocado. A coisa mais importante, a coisa mais valiosa, era o AMOR.

Quem nada produzia quem não possuía coisas que pudessem ser trocadas por alimentos, ou utensílios, dava seu AMOR, ele era simbolizado por um floquinho de algodão. Muitas vezes era normal que as pessoas trocassem floquinhos sem querer nada em troca. As pessoas davam seu AMOR, pois sabiam que receberiam outros num outro momento ou outro dia.

Um dia, uma mulher muito má, que vivia fora da aldeia convenceu um pequeno garoto à não mais dar seus floquinhos. Desta forma, ele seria a pessoa mais rica da cidade e teria o que quisesse. Iludido pelas palavras da malvada, o menino, que era uma das pessoas mais populares e queridas da aldeia, passou a juntar AMOR e, em pouquíssimo tempo, sua casa estava repleta de floquinhos, ficando até difícil de circular dentro dela.

Daí então, quando a cidade já estava praticamente sem floquinhos, às pessoas começaram a guardar o pouco AMOR que tinham e, toda a HARMONIA da cidade desapareceu. Surgiram a GANÂNCIA, a DESCONFIANÇA, o primeiro ROUBO, o ÓDIO, a DISCÓRDIA, as pessoas se OFENDERAM pela primeira vez e passaram a IGNORAR-SE pelas ruas.

Como era o mais querido da cidade, o garoto foi o primeiro a se sentir-se TRISTE e SOZINHO, o que o fez procurar a velha para perguntar-lhe se aquilo fazia parte da riqueza que ele acumularia. Não a encontrando mais, ele tomou uma decisão. Pegou uma grande carriola, colocou todos os seus floquinhos em cima e caminhou por toda a cidade distribuindo aleatoriamente seu AMOR.

Como era o mais querido da cidade, o garoto foi o primeiro a se sentir-se TRISTE e SOZINHO, o que o fez procurar a velha para perguntar-lhe se aquilo fazia parte da riqueza que ele acumularia. Não a encontrando mais, ele tomou uma decisão. Pegou uma grande carriola, colocou todos os seus floquinhos em cima e caminhou por toda a cidade distribuindo aleatoriamente seu AMOR.

A todos que dava AMOR, apenas dizia:
- Obrigado por receber meu AMOR.

Assim, sem medo de acabar com seus floquinhos, ele distribuiu até o último AMOR sem receber um só de volta.

Sem que tivesse tempo de sentir-se sozinho e triste novamente, alguém caminhou até ele e lhe deu AMOR. Um outro fez o mesmo... Mais outro... E outro...

Até que, definitivamente, a aldeia voltou ao normal e o AMOR voltou a ser distribuído... (desconhecido)

O amor requer generosidade, devemos realizá-lo sem esperar nada em troca. Lembrando que esse genuíno sentimento deve ser jorrado em todas as coisas indistintamente. Dar e receber amor são gestos que alimentam a alma, não acumule seus floquinhos, distribua-os a todos sem qualquer preferência. Podem ser: um abraço; um beijo; um aperto de mão; um telefonema; um torpedo; uma oração; uma ajuda financeira; um sorriso, um comentário no blog, uma carta ou e-mail...

E lembre-se:
Nunca guarde o amor que você tem no coração, pois é dando que se recebe amor. E assim construímos a corrente do bem. E você é um elo importante dessa corrente. Movimente essa corrente, segue um floquinho de amor para você!
Nesta Páscoa receba e distribua floquinhos de amor. Feliz Páscoa!
Beijinhos de luzes e cores.

9 comentários:

manuel marques disse...

Amei esta históriha.

Beijo.

Wanderley Elian Lima disse...

Belo texto com uma bela mensagem. Devemos distribuir o nosso amor sem olhar a quem e sem esperar nada em troca.
Feliz Páscoa para você e família
Beijos

angela disse...

Muito boa esta estória. O amor tem que circular.
Boa Páscoa querida

Beatriz Prestes disse...

Adorei!!!! Muito!!!
Vou reler!
Beijo carinhoso
Bea

Norma Villares disse...

Muito obrigada amigos.
Para entrar no espírito da Páscoa, é muito bom ler sobre o amor.
Grande e afetuoso abraço

Maria disse...

Amiga, belissíma história, o amor é fundamental e se todos seguissemos os ensinamentos de Jesus "Amai-vos uns aos outros como eu vos amei", teriamos de certeza um Mundo melhor.
Aproveito para desejar a si e a toda a sua familia uma Santa e Feliz Páscoa.

Páscoa é libertação,
é amor e renovação
da fé, em Nosso Senhor.
Ele, sua vida nos deu
demonstrando seu imenso amor.

Sim por nós Ele morreu
mas na glória ressuscitou.
A mensagem que a Páscoa traz
é de amor alegria e esperança,
de que no mundo possa haver paz.

Abramos o coração,
Páscoa é tempo de partilhar
tempo de doar, de fraternidade e comunhão.
É tempo de amar
e ao próximo estender a mão.

Desconheço autor

Que a Luz do Senhor esteja sempre consigo, iluminando o seu caminho.
bjs
Maria

Mary disse...

Linda mensagem, tomei a liberdade de publicar no meu blog.. beijos.. Feliz Páscoa!
Mary

ONG ALERTA disse...

Amor é mágico...feliz páscoa e paz no coração!!!!!

CLARIVIDENTES DA REALIDADE disse...

Que lindo!Tão simples e toca tão fundo,adorei...
Adorei também o seu Blog todo.
um grande abraço.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...