Pages

Subscribe

19/01/2012

Sem encanto não é ROSA!

(fotografia de Norma Villares)
Ainda sinto a bênção perfumosa que exala de seu centro essencial, rosas queridas que amo receber. Perfuma... E no jardim da vida floresceu, e no passo devagar silencioso vibrou para o aroma extasiar. Sinto sua delicada pétala numa névoa iluminada inspirando a escrita elevada. És o beijo do céu na mãe terra tão amada... Tênue e sonhada, és cantada por artistas lúdicos de almas aromáticas. És Divina beijo do sol curtida ao vento e deitada nas sombras escaladas. És a grande gloria do mundo, és rosas encantadas. Muito obrigada pelas rosas do amor... Muito obrigada...

Norma Villares

3 comentários:

Edith Lobato disse...

Oi Norma, boa tarde, amei ler seu texto.Acho pouco provável existir alguém que não aprecie a beleza das rosas. O poema deixa evidente o elogio às rosas na sua totalidade. levando teu poema para a realidade, fiquei pensando, mas como exitem tantas rosas com suas essencias danificadas pelos elos dourados do mundo, rosas da vida. Parabéns, querida. Um abraço forte.

Mari disse...

Olá, meu blog está de cara nova, fique a vontade para prestigiar e deixar a sua opinião. Tenha um belo fim de semana!!
Beijos
Mari

Mari disse...

Tenha um maravilhoso feriado!!
Beijos no coração!♥
Mari

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...