Pages

Subscribe

29/05/2010

UMA LÁGRIMA


A límpida gota de orvalho brota no rosto e chora sentida...

Descobrir tarde demais, que tudo era fantasia e miragem.

E era única coisa que você podia dar-me...

E a lágrima sorrio sozinha à procura de um ritual sensível.

Pousou em meus olhos e derreteu a agonia

e, na passagem coletiva se tornou invisível.


Norma Villares

215.03.2010

17 comentários:

Anônimo disse...

Que lindo,Norma! Continueescrevendo assim! É muito interessante.
Bjus,blogueira.

Pelos caminhos da vida. disse...

Meu blog é o vencedor da Copa Blog.

Obrigada você faz parte dessa conquista.

Um gde abraço.

Bom domingo.

beijooo.

Elaine disse...

Norma,
Este é um comentário-convite. Quero convidar você para participar de uma mega promoção que está acontecendo lá no blog: sorteio de 1 exemplar do livro Perseguição digital. Para participar basta acessar este link e preencher o formulário. É simples e bem rápido. Espero você. Beijos e obrigada por acompanhar meu blog.

Marcos Takata disse...

Muito lindo amiga,
Namaste

angela disse...

Muito bonito texto. Gostei muito.
beijos

manuel marques disse...

Cada lágrima ensina-nos uma verdade.



Beijo.

Jorge disse...

Norma

a lágrima derramada é um alimpeza da alma.

Beijo!!!

Beatriz Prestes disse...

Lindo, tocante...cheio de poética reflexão!!
Beijo minha amiga querida
Bea

Anônimo disse...

São palavras como essas que faz a lágrima valer a pena.
Bjus.

Thiago Silva disse...

Muito lindo! Parabéns!
Mesmo não te conhecendo, acabei por achar o seu blog... já no primeiro texto, gostei muito! Devo voltar outras vezes!

Certa vez, em certo momento, já refleti que a tristeza é o combustível dos poetas...

Sofrer com alegria!

Paz.

Fernando Christófaro Salgado disse...

Quem nunca derramou uma lágrima, que não de tristeza, mas sim de alegria?
Sem viver a agonia é possível saber como a felicidade seria?
Respostas podem se encontrar neste belo poema!

Abraços,

Fernando C. Salgado.

Thiago Silva disse...

Oi Nilma, passei aqui de novo para responder seu comentário. O livro é da SRF também. Realmente não é uma autobiografia, e sim uma biografia escrita pelo irmão de Yoganandaji. É muito bom, tem coisas escritas que não estão na autobiografia.

Vamos nos falando.

Paz.
Thiago.

IVANCEZAR disse...

Norma:
As lágrimas são gotas de expressão
Elas encerram discursos
Elevam versos
São emoção, redenção e/ou decepção
Tudo e nada ...
Belíssimo !

serpai disse...

Olá...!

Sabes...? O meu blog conta já com um ano...! E para a ocasião escrevi algo que também é para ti... e, de passagem, podes ver que há um selo que podes levar, se assim o quiseres... Pois, como o seu nome indica, serve para "selar" este vínculo que nos uniu neste tempo transcorrido..., isso me encantaria..., e faria completo este festejo e a minha alegria...!
Ou se não..., ofereço-te uma flor de Ceibo que é a flor do meu país: Argentina.

Obrigado pela tua presença...!

Cumprimentos,

SERGIO.

Psiquismo Desmistificado disse...

Querida Norma,
Belíssimas palavras! Como sempre escreves muito bem.
Grande beijo

Lá no meu blog tem um selinho carinhosoo>:"esse blog é um charme"

Psiquismo Desmistificado disse...

Querida Norma,
Belíssimas palavras! Como sempre escreves muito bem.
Grande beijo

Lá no meu blog tem um selinho carinhosoo>:"esse blog é um charme"

Rejane-Enajer disse...

Estou aqui para te dizer que por te admirar , tem um selinho para vc no meu BLOG: Despertar da consciência

Um abraçãoooooooooooooooo

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...