Pages

Subscribe

09/12/08

SUBIR OU DESCER O RIO?


"Subir ou descer o rio? Não esqueça que descendo, a correnteza conquista o rio para nós. Na subida, a conquista é nossa.”

Existem coisas que conquistamos e outras que a vida nos dá como se fosse uma dádiva divina. As últimas, na verdade não são nossas, são apenas empréstimos. Devemos usá-las para o bem estar nosso e geral. Somos administradores destas dádivas e nunca seus proprietários reais.
Sobre a inquietação da alma em querer mais e mais... Pense bem, pois sempre existe a possibilidade e uma grande probabilidade de ser realizado.
É alguma coisa por aí...
Percebemos que sempre estamos recebendo alguma coisa, e em breve poderemos receber mais. Todavia, se já recebeu e, no momento, está administrando. Como está trabalhando com esta coisa, como empréstimo ou como proprietário.
Reflita bem, se recebeu gratuitamente, a correnteza ajudou a conquistar o rio. Tendo consciência disso, utilize para o bem geral saia desta indefinição e vá à luta com firmeza, promova atitudes que enriqueça a si e ao outro. Com certeza absoluta, tudo se resolverá favoravelmente, pois a conquista do rio ajudou em nossa conquista pessoal.
Mas, nunca deixe de escutar a Sabedoria da Alma. Existem momentos em que a personalidade se deslumbra, deseja e busca conseguir coisas que trazem dor e sofrimento no futuro.
Em alguns momentos o “sucesso” sobe à cabeça, e esquecemos que foi a correnteza que ajudou a subir o rio.
É hora de meditar, cair em si... Deixar a “ficha” cair ... cair...
Pois podemos estar vivendo um momento destes.
É preciso não esquecer que resultados “positivos” que estejam em desacordo com a missão e a finalidade da alma encarnada só trarão abandono, dor e sofrimento no futuro.
Escute mais o que sua Alma tem a dizer.
Para começar algo verdadeiro sob o ponto de vista da vida espiritual é preciso ganhar a batalha contra os impulsos mundanos, a vida anímica e a cegueira moral utilizando-se da inteligência, do saber espiritual e do aprender a ouvir e seguir os conselhos cotidianos dados pela alma.
“Subir ou descer o rio?
Não esqueça que descendo, todo o Universo conspira para êxito, só nos resta agradecer.
Também nunca se esqueça que subindo o rio, a conquista é pessoal, e por isso maior a responsabilidade em agradecer a sabedoria essencial que fortaleceu o caráter para vencer os obstáculos e intempéries da vida.
“Subir ou descer o rio?
Eis a grande e sábia opção...

4 comentários:

marcos disse...

Concordo com o texto. Pois é, é de grande sabedoria decidir sobre descer ou subir o rio. Se descemos e somos ajudados, o EGO engessado e inflacionado acredita que foi por puro esforço pessoal. Bijussss

Sassá Luz disse...

Subir ou descer o rio. Uma questão pra reflexão, principalmente a humildade. Beijinhos

Norma Villares disse...

Uma questão que faz refletir. Com certeza é humildade que deve ser vista. Beijinhos

Maroca disse...

Que texto lindo! E tantas coisas recebemops gratuitamente, e não pensei nisso. Interessante. Beijinhos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...