Pages

Subscribe

31/01/2010

É TEMPO DE TRAVESSIA!



"Há um tempo em que é preciso abandonar as roupas usadas,

que já tem a forma do nosso corpo.


E esquecer os nossos caminhos,

que nos levam sempre aos mesmos lugares.


É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado,

para sempre, à margem de nós mesmos." (Fernando Pessoa)





Grande Fernando, amigo íntimo da vida de reflexões, e como na internet “Partilhar é Preciso" então vamos partilhando algumas reflexões.


Percebemos que muitas vezes parece que estamos dando volta em círculos, nada sai do lugar... E ficamos cansadas por que algumas coisas não mudam. E por mais que você tente dar um jeitinho, sempre volta para o mesmo ponto. Cá com meus botões, determinadas coisas podem continuar sendo muito importantes para a personalidade, mas não servem mais à alma. Outras podem parecer cruéis e sem sentido à personalidade, mas trazem benefícios à alma e à evolução.


É muito bom chegar a uma conclusão, definitivamente isso não vai mudar. Cabe tomar uma decisão, ou você aprende a lidar com isso assim como é... ou decide partir para outra. O pior defeito pode ser descoberto como a melhor qualidade. Aceite a situação como ela é ou esqueça.


É preciso “deixar a ficha cair” o que tinha que ser aprendido já o foi e o que tinha que ser experimentado, também. O que passou, passou e não deve voltar mais. Percebemos que o ciclo de experiência se fechou, e a atitude viável é esquecer e partir para outras paragens.


Pare! Pense nisso que Fernando Pessoa escreveu:


É o tempo da travessia: e, se não ousarmos fazê-la, teremos ficado, para sempre, à margem de nós mesmos. Chegou a hora “de cair em si”, se não passarmos dessa fase teremos desperdiçado tempo e nenhum investimento consigo mesmo será promovido.


Pergunta-se?

Quem é mais importante?

Você! Claro...


“Somos a pessoa mais importante para nós mesmos.”


(Milágrimas - letra de Alice Ruiz, música de Itamar Assumpção - Cantada por Zélia Duncan e Anelis Assumpção)


Ainda, neste exato momento precisamos lembrar que:


"Aquilo com que ficamos enredados é algo que ainda não soubemos soltar."


Portanto, solte!

Liberte! Deixe estar nas mãos de Deus...

Desta forma fica mais uma reflexão para todos nós.


"Roupas velhas são macias, mas esquentam mais"



Fonte:
1. Johnson Tallard Julie. I Ching Para Teens. O destino em suas mãos através do antigo oráculo chinês. Editora Ground: tradutor Dinah Abreu Azevedo, São Paulo, 2001.
Fonte:
1. Peradejordi Julio. O tarô Esotérico. Origem do simbolismo e interpretação dos arcanos do tarô. Edições Livros que constroem: tradutor Aluizio José Rosa Monteiro Jr., São Paulo, 1993.

29/01/2010

HOMEM PERFEITO




Não interessa a uma mulher um homem que saiba tudo sobre ela, um homem que saiba tudo sobre o amor, um homem que saiba tudo sobre os prazeres proibidos do corpo. Uma mulher não se interessa por um homem que não tenha uma dose de insegurança, um quê de fascínio infantil, uma ponta de orgulho bobo, uma forquilha de medo entre os joelhos.

Uma mulher não se interessa por homem que não teme as perguntas, que resolve os problemas com sarcasmo, que fala convicto e intrépido sobre os mais diversos assuntos; o coração dele congelado para transplante no isopor entre garrafas de cerveja.

Uma mulher não se interessa por homem que pisca ao garçom, que conversa nos ouvidos com os seguranças das boates, que a mostra com malícia e desfaçatez para os outros.

Uma mulher não se interessa por um homem que está se exibindo mais do que sendo transparente. Uma mulher não se interessa por um homem que ela não conta com a mínima chance de modificá-lo e elogiar as transformações.

Uma mulher não se interessa por um homem que se diverte dos próprios comentários antes dela. Uma mulher não se interessa por um homem carregado de estratégias, que encadeia a noite ideal, sem nenhuma falha, sem nenhum vacilo, sem nenhuma turbulência. Ele ensaiou com quantas antes?

Uma mulher se interessa por um homem inseguro, mas sincero, tímido, mas autêntico, que sofre com suas gafes, engatilha desculpas ao usar um palavrão, que pede ajuda para completar a noite.

Uma mulher não se interessa por um homem blindado, que não escuta, que se esconde em um personagem para contar mais um feito aos amigos. Uma mulher não se interessa por um homem que logo vai atacando, logo vai oferecendo o endereço para esticar a conversa.

Uma mulher não se interessa pelo terno alinhado, os cabelos em dia, o pescoço perfumado, se não haverá nenhum sussurro que desperte a fragilidade masculina do outro lado.

Uma mulher não se interessa em receber flores sem raízes nos dedos.

Uma mulher não se interessa por um homem convicto, que a convida para sair, que passa uma cantada impecável e finge delicadeza para ser indelicado no dia seguinte e não telefonar.

Uma mulher não se interessa por um homem que não mudará a ordem das palavras que teve sucesso com as mulheres anteriores e repetirá as mesmíssimas vaidades da conquista. Uma mulher se interessa por um homem que confunde o desejo com a loucura e tropeça nas palavras para logo descer ao chão com ela.

Uma mulher não se interessa por um homem que seduz como quem dá as cartas, um homem que solicita a conta como quem fecha um negócio, que a envolve como se fosse um investimento. Uma mulher não se interessa por um homem que não tenha também músculo nas pálpebras para chorar por ela, músculos na boca para guardar sua língua.

Uma mulher não se interessa por homens prontos, fechados, absolutamente perfeitos.

Não se interessa por cadáveres. (Fabrício Carpinejar)


Fabrício é poeta e escritor muito bom com quatorze livros publicados, jornalista e professor universitário. Peguei esse vídeo no Youtube, uma entrevista com Jô Soares que gostei muito e dei boas risadas. Eu coloquei uma imagem de um homem bem longe, porque homem precisa aproximar do novo homem de consciência madura , não sei como ele vai parir este novo ser, se será um parto natural ou à fórceps... Mas vai ter que parir, isto vai ter...




CLICA AQUI NO BLOG DO FABRÍCIO CARPINEJAR

Curtam!


28/01/2010

ASSIM PARTILHAVA FERNANDO PESSOA


E a palavra abriu-se num ato de estesia, pois a
ssim partilhava Fernando Pessoa.
Meditando no rico mundo de suas frases

A
mar é cansar-se de estar só...
A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.
Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.
P
edras no caminho? Guardo todas, um dia vou construir um castelo...
Porque eu sou do tamanho do que vejo. E não, do tamanho da minha altura...
O
verdadeiro cadáver não é o corpo (...), mas aquilo que deixou de viver(...)
Foi um espectro de homem, não foi homem. Só passou pela vida, não viveu.
Uma vida que é vivida E outra vida que é pensada, A vida que temos É essa que é dividida Entre a verdadeira e a errada.
(...)Qual porém é a verdadeira. E qual errada, ninguém. Nos saberá explicar(...)
Porque eu amo infinitamente o finito, porque eu desejo impossivelmente o possível.
Tenho em mim todos os sonhos do mundo.
Para viajar basta existir.
A única maneira de teres sensações novas é construíres-te uma alma nova.
Ter opiniões é estar vendido a si mesmo. Não ter opiniões é existir. Ter todas as opiniões é ser poeta.
Viver não é necessário. Necessário é criar.
Sentir é estar distraído.
O amor é um sonho que chega para o pouco ser que se é.
T
er opiniões é estar vendido a si mesmo. Não ter opiniões é existir. Ter todas as opiniões é ser poeta.

A
arte é a auto-expressão lutando para ser absoluta.
A renúncia é a libertação. Não querer é poder.
O
s homens são fáceis de afastar. Basta não nos aproximarmos.
O meu coração quebrou-se como um bocado de vidro. Quis viver e enganou-se...
A bondade é a delicadeza das almas grosseiras.
C
onhece alguém as fronteiras à sua alma, para que possa dizer: eu sou eu ?

Possuir é perder. Sentir sem possuir é guardar, porque é extrair de uma coisa a sua essência.
Tudo que existe existe talvez porque outra coisa existe. Nada é, tudo coexiste: talvez assim seja certo...
Tenho em mim todos os sonhos do mundo.
Para viajar basta existir.
Morrer é só não ser visto.
Sentir é criar. Sentir é pensar sem ideias, e por isso sentir é compreender, visto que o universo não tem ideias.
S
egue o teu destino. Rega as tuas plantas; Ama as tuas rosas. O resto é a sombra de árvores alheias.

Quero para mim o espírito desta frase: Viver não é necessário; o que é necessário é criar.
F
rase do dia " Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão.

Não evoluo, viajo.
Eu não possuo a bondade que muita gente apregoa, eu tenho é a felicidade de conhecer gente boa.
A
liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo.

Q
uem me dera ouvir de alguém a voz humana, estou farto de semi-deuses.

À
s vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.
Tudo é ousado para quem nada se atreve.
Q
uanto mais diferente de mim alguém é, mais real me parece, porque menos depende da minha subjetividade.

Deus é o existirmos e isto não ser tudo.
Haja ou não deuses, deles somos servos.
A força sem a destreza é uma simples massa.
Não o prazer, não a glória, não o poder: a liberdade, unicamente a liberdade.
Ler é sonhar pela mão de outrem. Ler mal e por alto é libertarmo-nos da mão que nos conduz.
O
amor é um sonho que chega para o pouco ser que se é.

(...) A superficialidade na erudição é o melhor modo de ler bem e ser profundo.
Ter opiniões é estar vendido a si mesmo. Não ter opiniões é existir. Ter todas as opiniões é ser poeta.
A arte é a auto-expressão lutando para ser absoluta.
A renúncia é a libertação. Não querer é poder.
V
aleu a pena? Tudo vale a pena. Se a alma não é pequena.

P
ossuir é perder. Sentir sem possuir é guardar, porque é extrair de uma coisa a sua essência.
O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem.
Tenho prazer em ser vencido quando quem me vence é a razão, seja quem for o seu procurador.
Sinto-me nascido a cada momento. Para a eterna novidade do Mundo...

A fé é o instinto da ação.



Ao ler as frases de Fernando Pessoa percebemos a grande viagem do poeta e escritor que tanto toca nossa alma.

É muito bom!
Bom demais!



27/01/2010

"A BELA E A FERA" BOM PARA REFLEXÕES


Vá confiante na direção de seus sonhos! Viva a vida que imaginou.
À medida que simplifica sua vida, as leis do universo ficarão mais simples.

(David Thoreau, ensaísta e naturalista norte-americano, autor de Walden. A vida nos Bosques)


A vida de relação sempre sugere a introdução da beleza e da graça em todas as situações cotidianas. Introduzir essas dimensões em nossa vida permite-nos enfrentar as coisas brutais que surgem ao longo do caminho de forma mais leve e suave.
Mostre sua própria beleza natural, e a beleza natural dos outros vai aparecer. Essa beleza natural é chamada muitas vezes de nossa Verdadeira Natureza.

Nossa Verdadeira Natureza tem todas as qualidades da graça, beleza e força que são vivenciadas em todo o caminho de uma vida de relação. Nosso desejo mais profundo é deixar que essa Verdadeira Natureza se manifeste.

Mas, antes disso, todos nós temos uma fera a enfrentar. A fera em nós esconde nossa Verdadeira Natureza. Essa parte costuma ser agressiva, abusada e medrosa. Exatamente como a Fera do conto de fadas “A Bela e a Fera”. Ela procura usar a intimidação para obrigar os outros a fazerem o que ela quer.

A fera em nós em geral assusta as pessoas ou as afasta; depois ficamos sozinhos e isolados dos outros. Assim, este sofrimento faz tomar consciência que temos uma fera interior para domar.

Dimensões nossas ou circunstâncias externas que são brutais somente podem ser superadas com o poder da beleza e da graça. Viver com entendimento neste conhecimento também significa que a beleza e a graça podem vencer quaisquer desafios no presente e no futuro.

Quando iniciamos o caminho descobrindo a beleza dentro de nós mesmos, é porque estamos prestes a vencer a fera. Assim uma dificuldade será superada e transformada num momento de beleza e graça. Isso acontecerá porque deixamos parte de nossa Verdadeira Natureza, de sua beleza interior manifestar-se.

Nunca intimide uma pessoa para conseguir o que você quer. Principalmente no início de relações afetivas ou projetos, não tente forçar as coisas. Fique receptivo para o que os outros têm a oferecer e aceite o fato de que você não tem resposta para tudo. Assim, utilizamos este bom momento de reflexão para abrir e ajudar esse poder natural de realçar a verdadeira beleza.

Pense nisso!

Por baixo do exterior maldoso da fera existe ou pode existir um belo príncipe. Basta, tentar ver além das aparências e penetrar na verdade da situação ou da pessoa. Na realidade, pode ocorrer o inverso, a pessoa pode ser um belo príncipe ou uma bela princesa exteriormente e uma fera por dentro.


Dê a si mesmo o tempo necessário para descobrir a verdade.

As circunstâncias e os outros parecem perfeitos, mas você deve manter a prudência. Não relaxe demais, nem assuma coisas demais muito rápido. Se mantiver uma atitude conscienciosa e reservada, as coisas vão dar certo. Isso significa que você deve esperar para ter um julgamento melhor e mais confiança da situação ou pessoa, porque mais coisas precisam ser reveladas a você.
Querer apressar as coisas ou mostrar seu valor são atitudes que podem "criar problemas. A volta à beleza e à graça pode evitar o desastre.

Se você quer ser reconhecido por alguma coisa, mas se exagerar em ação a isso só vai piorar as coisas. Você vai ser reconhecido e recompensado se abrir mão de ter de ser popular ou admirado. Muitas vezes pode significar que você está se relacionando com pessoas para quem a popularidade é muito importante. Deixe a graça se manifestar em suas relações com elas, pois tais pessoas não têm ideia do quanto estão sendo desgradáveis.

Ao manifestar as dimensões da beleza e da graça, você pode vencer quaisquer situações difíceis e vai adquirir força interior.

Assim o brilho de sua Verdadeira Natureza será visível para todos!



Fonte:
1. Johnson Tallard Julie. I Ching Para Teens. O destino em suas mãos através do antigo oráculo chinês. Editora Ground: tradutor Dinah Abreu Azevedo, São Paulo, 2001.


26/01/2010

AMOR OU APEGO?


"Ninguém é corajoso o suficiente para ficar só.


Você precisa de alguém.


Por que você precisa de alguém?


Você tem medo de sua própria solidão, você fica entediado consigo mesmo.

E realmente, quando você esta sozinho, nada parece ter sentido.

Com alguém, você fica ocupado e cria sentidos artificiais a sua volta.


Você não precisa viver para si mesmo, então começa a viver para uma outra pessoa. E o mesmo é o caso com a outra pessoa... ele ou ela não pode viver só, então procura alguém... e outros...


Duas pessoas com medo de suas próprias solidões se juntam e começam a jogar um jogo de amor. Mas no fundo elas estão procurando apego, compromisso, cativeiro.


Diretamente não se pode pedir por escravidão, é muito humilhante.


E diretamente não se pode dizer a alguém: "Torne-se meu escravo".


A pessoa se revoltaria!


Nem se pode dizer: "Quero me tornar seu escravo".


Assim, você diz: "Não posso viver sem você". Mas o significado está presente, ele é o mesmo. E quando o desejo real é satisfeito, o amor desaparece, o amor falso (deixo claro). Então você sente o cativeiro, a escravidão, e começa a lutar para se livrar.


Lembre-se disto este é um dos paradoxos da mente: tudo o que você obtém, você se entedia, e tudo que você não obtém, você o almeja. Quando está só, almeja alguma escravidão, algum cativeiro. Quando está aprisionado, começa a almejar a liberdade.


R
ealmente somente os escravos almejam a liberdade, e pessoas livres novamente tentam ser escravas. A mente segue em frente como um pêndulo, movendo-se de um extremo a outro. O amor se torna apego. O apego era necessidade, o amor era apenas a isca. Você estava procurando um peixe chamado apego e o amor era apenas a isca para apanhar o peixe. Quando o peixe é pego, a isca é jogada fora. Lembre-se disso, e sempre que você estiver fazendo alguma coisa, vá fundo dentro de você mesmo para descobrir a causa básica.


No momento em que você deixa de ser dependente de alguém, uma profunda serenidade e um profundo silêncio se estabelecem em seu interior. Isso não significa que você deixa de amar. Pelo contrário, pela primeira vez você conhece uma nova qualidade, uma nova dimensão do amor, um amor que está mais próximo da afabilidade do que de qualquer relacionamento."Osho



Fonte:

1. - http://www.josephinewall.co.uk/josephine.html

24/01/2010

OLHE... E ENCONTRE UM OLHAR


É
especialmente difícil olhar outro ser humano nos olhos durante muito ou pouco tempo sem ficar apaixonado.

É por essa razão que as pessoas afastam tão rapidamente o olhar umas das outras.

Não se atrevem a olhar os outros nos olhos muito tempo seguido.

O
amor que se seguirá pode submergi-las.

No entanto, isto acontece porque não sabem o que fazer com esse amor em que se sentem mergulhadas." (Neale Walsch)



(Esse Seu Olhar- na doce e linda voz de Nara Leão)


Muito forte e profundo este pequeno texto. Me lembra as vivências com Roberto Crema que dizia sempre olhe nos olhos e firme o olhar, sem invadir o espaço do outro:

"É melhor ficar vermelho de vez em quando, do que amarelo a vida inteira."

Então, que achas!? Olhe nos olhos e encontre um olhar, sem medo de ser quem você é, sei que é muito difícil mas todo mundo consegue com um pouco de treinamento. Olhe e deixe ser olhado, o amor pode submergir. Deixa pra lá os amores superficiais, aprofunde mais o nível de significação consigo mesmo e com a vida. Amar é tão bom. Mergulhe fundo!



Fonte:
1. Walsch, Neale Donald. Regresso a Deus - Numa Vida Que Não Tem Fim. Editora: Sinais de Fogo.
2. http://www.cinemacafri.com/img/poster/grande/Olhar-de-Anjo.jpg


21/01/2010

NA FLORESTA DA MINH’ALMA


Na floresta do fugaz fascínio pude enxergar a beleza efêmera e o sol aparece com seus doces raios e iluminam o céu.
E o tempo passou pelo pó do eterno, em vão abre-se um espaço para acurar a visão no que dista do tão distante. O longe não pode alcançar...
São coisas que os olhos não viram e não vêem anuaviados na efemeridade do grande imaginário perceptível.

Mas o coração é temperado com a alquimia do sentimento e preparado pelo Divino com esmero e profundo amor.

E como uma velha cabocla fiquei matutando por matutar... Passa o tempo, meditando... e o tempo passa devagar. E o não visível daquilo que é visto, não é fácil enxergar. E no concerto da aurora radiante surge o raio fúlgido da matina, que delineia o invisível e num rasgo de desperta consciência a vista alcança tudo aquilo que dantes não conseguia enxergar.

V
ejo o mundo de meu mundo na floresta cintilante, sem eclipse o sol brilha no interior da alma andante e sedenta de evolução interante na trilha da vida.


E nas brenhas desta floresta fui escutar os sons inaudíveis, ouvi assobio do vento que cantava os cânticos serenos de Deus, ouvi os pássaros que batiam asas, os sussurros da matina que abriam-se em alvoroços e deu uma saudade matadeira... saudades de Deus.

S
ão coisas que os ouvidos não ouviram e não podem ouvir porque estão surdos pela algazzarra da vida material.

Mas assuntei quietinha, pois leva-se muito tempo para escutar o inaudível...

C
omo uma velha cabocla fiquei matutando por matutar... Até que consegui ouvir vibrações sonoras ainda sem escutar. Mas a floresta prateava com a luz de seus relâmpagos e seus raios emitia sons cósmicos e o inaudível fazia-se escutar... E tudo era perceptível reveberando na minh'alma, os sons Cósmicos surgia de mansinho numa escuta gloriosa eu ouvia quietinha...



E nas selvas de mata espessa, caminhei desbravando as rotas “in natura”, abrindo picadas para ver e enxergar, ouvir e escutar.

E
neste profundo matagal sombrio, eu escutei minha alma. Conheci abrigos e alimentos, louvei as pedras, as montanhas, as planícies, os rios e aceanos.. Venci medos seguindo a intuição, errei menos porque escutei mais, enxerguei distante porque acurei meu olhar. Percorri os mapas e descobri novos caminhos das necessidades prementes, e como trilheira aprendiz descobri que a melhor rota é a do coração. São perfumes da alma inebriada pela luz.

Nessa mata densa de cores fortes e veladas, e, de sons audíveis e inaudíveis, acordei-me marcada pela ausência e presença de tudo, pois o vazio inominável se fez atuante tocando meu coração com o silêncio. E no leito existencial acordei no doce rastro do sentido essencial.

A voz da floresta fez uma linda ponte mítica entre o Divino e o homem e nela traziam todo conhecimento cósmico à luz da terra e do céu. As árvores representada pelas suas raízes sendo nutrida pela terra e com seu tronco e galhos com a firme conexão com céu. E deste entrelaçamento todo conhecimento fazia-se presente neste grandioso palco existêncial.

A
cordada, meus ouvidos ouvem, meus olhos vêem os perfeitos bens que a Divina Presença preparou para todos aqueles que o amam no terreno fértil do coração.

Um coração preparado é um coração Divino, mansamente afortunado!
Paz e Bem!


20/01/2010

CORAGEM !


A semente não pode saber o que lhe vai acontecer, a semente jamais conheceu a flor. E a semente não pode nem mesmo acreditar que traga em si a potencialidade para transformar-se em uma bela flor. Longa é a jornada. E sempre será mais seguro não entrar nela, porque o percurso é desconhecido, e nada é garantido... mil e uma são as incertezas da jornada, muitos são os imprevistos - e a semente sente-se em segurança, escondida no interior de um caroço resistente. Ainda assim ela arrisca, esforça-se; desfaz-se da carapaça dura que é a sua segurança, e começa a mover-se. A luta começa no mesmo momento: a batalha com o solo, com as pedras, com a rocha. A semente era muito resistente, mas a plantinha será muito, muito delicada, e os perigos serão muitos.

Não havia perigo para a semente, ela poderia ter sobrevivido por milênios, mas para a plantinha os perigos são muitos. O brotinho lança-se, porém, ao desconhecido, em direção ao sol, em direção à fonte de luz, sem saber para onde, sem saber por quê. Enorme é a cruz a ser carregada, mas a semente está tomada por um sonho e segue em frente.

"Semelhante é o caminho para o homem. É árduo. Muita coragem será necessária”.

E
sta descrição da semente me faz refletir sobre todos os momentos em que precisamos ser como a semente: aceitar o campo em que caímos e, mesmo dentro de um casca rija, acreditar nos nossos sonhos e romper esta casca, olhando em volta, intuindo onde estamos e para onde vamos.

S
e o ambiente for inóspito, temos que, pacientemente, esperar pela chuva e pelo sol que vêm fortalecer nosso crescimento. Temos que encontrar uma brecha entre as pedras e os espinhos para serpentear nosso caule e abrir nossa copa e nossas flores debaixo do vasto céu azul que nos espera.

Quando nos defrontamos com uma situação muito difícil, há sempre uma escolha: podemos ficar repletos de ressentimentos e tentar encontrar alguém ou alguma coisa em que pôr a culpa pelas nossas dificuldades, ou podemos enfrentar o desafio e crescer".

A flor nos mostra o caminho, à medida que a sua paixão pela vida a conduz para fora da escuridão, para o mundo da luz. Não há nenhum sentido em lutar contra os desafios da vida, ou tentar evitá-los ou negá-los.

Eles estão aí, e se a semente deve transformar-se em flor, precisamos passar por eles. Seja corajoso o bastante para transformar-se na flor que você foi feito para ser”. Osho

Sugiro que pense nisto!

Temos duas opções, de continuar semente ou desabrochar como flor.

Coragem!

Paz e Bem!



19/01/2010

O MAIOR "FLASH MOB" !


Pra quem não sabe...Flash Mobs são aglomerações instantâneas para mobilizar pessoas em um local público, realizando determinada ação inusitada previamente combinada, onde as pessoas se dispersão tão rapidamente quanto se reuniram. A expressão geralmente se aplica a reuniões organizadas através de e-mails ou meios de comunicação social. Estes aqui são Flash Mobs de dança... Eu já postei dois e estou postando este, que é considerado o maior de todos Flash Mob.

Tudo estava combinado para realização de um show da banda em Chicago, para executar o Hit I gotta feeling, na abertura da nova temporada do programa da apresentadora.

A surpresa ficou por conta da atitude da platéia, que realizou a maior ação de "FLASH MOB", que se tem notícia. Sem que Oprah soubesse, will.i.am criou com um grupo de dançarinos uma coreografia e chamou 800 fãs para o espetáculo de TV. As 800 pessoas aprenderam os passos e ensinaram para mais de 20.000.

Oprah não acreditou no que viu e o viral promocional deverá causar muitos comentários ao redor do planeta. Por trás da mega ação estava a T-Mobile. Assista o vídeo.

Assista com a tela cheia!





Eu também gostei muito deste, porque são músicas maravilhosas do filme, "A Noviça Rebelde". Este Flash Mob foi organizado na estação de Antuérpia na Bélgica com 200 pessoas.




É muito bom trazer alegria Espero que tenham gostado!

fonte: http://www.youtube.com/watch?v=XZt9NDwsUOc
http://www.youtube.com/watch?v=VQ3d3KigPQM
http://www.youtube.com/watch?v=uVFNM8f9WnI

17/01/2010

A FLOR DE LÓTUS


A flor de lótus simboliza elevação e expansão espiritual dos seres humanos, está relacionada à criação do universo. Para os Chineses, está relacionada ao passado, ao presente e ao futuro, simbolizados, respectivamente, pela flor seca, pela flor aberta e pela semente que irá germinar.

Há quem acredita que nas práticas meditativas, muitos monges e budistas imaginam flores de lótus surgindo debaixo de seus pés enquanto andam. Desta forma, estariam espalhando o amor e a compaixão de Buda simbolizados pela flor.

"As pétalas da Flor de Lótus abrem-se para o sol como a nossa alma se abre para a energia Divina. O lótus fecha-se ao anoitecer e submerge na água, para ao amanhecer emergir e florescer novamente, como que prestando homenagem ao sol nascente. Esta flor converteu-se no símbolo natural do sol, da criação e do renascimento. É um mito, uma realidade, um conhecimento sagrado."



“A flor-de-lótus simboliza a pureza, a beleza, pois se originou nos pântanos, lugares tipicamente sombrios. Esta flor nos ensina que não importa a que casta pertencemos. Por mais obscuro que seja o ambiente que nos cerca, sempre podemos brilhar”. (Associação Internacional Buddha’s Light do Brasil).


No dia em que a flor de lótus desabrochou
A minha mente vagava, e eu não a percebi.
Minha cesta estava vazia e a flor ficou esquecida.
Somente agora e novamente, uma tristeza caiu sobre mim.
Acordei do meu sonho sentindo o doce rastro

De um perfume no vento sul.
Essa vaga doçura fez o meu coração doer de saudade.
Pareceu-me ser o sopro ardente no verão,
procurando completar-se.

Eu não sabia então que a flor estava tão perto de mim
Que ela era minha, e que essa perfeita doçura
Tinha desabrochado no fundo do meu coração.

(Rabindranath Tagore)



A beleza da minha alma

A Flor de lótus acordou
Se efêmera e ilusória
Nada sei... Tudo sei...

O Fugaz rápido se foi...

E do fascínio restou a pureza
Que a Divina Essência

Me presenteou
(Norma Villares)


Autêntica Flor-de-Lótus (Nelumbo nucifera), também conhecida como lótus-egípcio, lótus-sagrado e lótus-da-índia. No Brasil, sua parente mais próxima é a vitória-regia, também pertencente a família das ninfáceas. Nativa do sudeste da Ásia, principalmene na Índia, Japão e Filipinas onde são veneradas.

"A flor de Lótus é símbolo da espiritualidade e da pureza. A semente de Lótus pode, por exemplo, ficar mais 5.000 anos sem água, somente esperando a condição ideal de umidade pra germinar. Ela nasce na lama e só se abre quando atinge a superfície, onde só então mostra suas luminosas e imaculadas pétalas. O botão da flor tem a forma de um coração."

Além disso, dizem que as sementes podem durar milhares de anos e continuar perfeitas para a germinação. É um símbolo forte da força vital que poderia resistir à condições extremamente adversas. A flor de lótus representa, assim, longa vida à saúde, à honra e à boa sorte.


Independente de sua simbologia, esta flor é um mistério até para a ciência. A semente de Lótus pode, ficar até mais de 5.000 anos sem água, somente esperando a condição ideal de umidade pra germinar. Ela nasce na lama e só se abre quando atinge a superfície, onde só então irá mostrar suas imaculadas e luminosas pétalas.

Outro mistério para a ciência é o fato de suas pétalas, serem autolimpantes, isto é, têm a propriedade de repelir microrganismos e poeiras.


É também a única planta que regula seu calor interno (por volta de 35º), a mesma temperatura do corpo humano. O botão da flor tem a forma de um coração, e quando morrem, suas pétalas não caem, apenas secam.


Foi esta profundidade, delicadeza e sabedoria que fizeram os fundadores da moderna Índia consagrar o Lótus, na Constituição, como a Flor Nacional.


Seja como uma flor de lótus!

Paz Profunda


Fonte:
1. http://www.flickr.com/photos/mais_dois/233733051/(Fotos tiradas no Parque do bairro Ueno, em Tóquio.)
2. http://villagedespruniers.net/index.lasso?locate=photo&categorie_photo
3. http:/ www,flordelotus.eu/

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...